Retenção de desenvolvedores: saiba como atrair e reter esses profissionais

Os desenvolvedores são profissionais de tecnologia da informação cada vez mais necessários no cotidiano de todas as empresas, e não apenas nas da área de TI. Além de ser fundamental atrair os melhores profissionais, é importante criar estratégias para a retenção de desenvolvedores, isto é, promover um ambiente propício para que eles permaneçam na empresa.

Pode até parecer simples, mas a área de TI apresenta uma das maiores rotatividades do mercado (turnover), com inúmeros profissionais trocando de vaga num curto período de tempo e, consequentemente, empresas perdendo ótimos candidatos para a concorrência.

Para evitar esse problema, a retenção de desenvolvedores deve ser eficiente e fazer parte da estratégia da empresa desde o começo, inclusive durante o recrutamento.

Por que a retenção de desenvolvedores é tão importante

Desenvolvedores são os profissionais responsáveis por criar, desenvolver, executar e otimizar sistemas operacionais, sites, aplicativos, jogos eletrônicos, e muitas outras funcionalidades que fazem parte da nossa rotina e a tornam muito mais prática.

No cotidiano das empresas, a retenção de desenvolvedores é ainda mais importante para solucionar problemas pontuais e encontrar as melhores maneiras de tornar o trabalho mais eficiente.

Seja em maior ou menor grau, todas as empresas precisam contar com o desenvolvedor para realizar até mesmo as atividades mais simples, como se comunicar com os colaboradores através de chat próprio, por exemplo, ou otimizar um app de compras, entre outras funcionalidades. 

A retenção de desenvolvedores é necessária porque quanto mais familiarizado este profissional estiver com as necessidades da organização, mais fácil será para resolver problemas, tomar decisões e criar novas soluções para a empresa. 

Vale lembrar que quando a retenção de desenvolvedores não acontece é preciso passar por um novo processo seletivo que necessita de tempo e dinheiro para ser colocado em prática, podendo atrapalhar toda a produtividade da equipe. 

Tipos de devs que existem no mercado

São vários tipos de desenvolvedores disponíveis no mercado em diferentes níveis de habilidades (júnior, pleno e sênior). Encontrar o profissional ideal depende das necessidades da empresa e também de sua realidade financeira – devs mais experientes ganham mais que profissionais que acabaram de começar a carreira.

A seguir, listamos alguns dos principais tipos de desenvolvedores: 

– Desenvolvedor web;
– Desenvolvedor de sistemas operacionais;
– Desenvolvedor de apps; – Desenvolvedor front-end e back-end;
– Desenvolvedor de games.

4 estratégias para aumentar a retenção de desenvolvedores na sua empresa

Não se trata de uma simples questão de salário: empresas que querem garantir a retenção de desenvolvedores devem oferecer vantagens de acordo com as necessidades dos colaboradores. Foto: Unsplash

Infraestrutura de última geração

Trabalhar com tecnologia requer acesso a recursos de ótima qualidade, como internet rápida e equipamentos modernos.

Se o trabalho for presencial é necessário garantir que o colaborador utilize bons computadores e esteja em um ambiente limpo, confortável e saudável. 

A mesma preocupação deve existir se o trabalho for remoto: ajudar a pagar a conta da internet é uma boa estratégia para retenção de desenvolvedores. 

Salário competitivo

Outro fator que contribui diretamente na retenção de desenvolvedores é oferecer um salário competitivo de acordo com as demandas de mercado.

Desenvolvedores e outros profissionais de tecnologia são altamente qualificados, fazendo com que seu salário seja bem acima da média. Assim, não faz sentido pagar um valor baixo e esperar que o dev esteja satisfeito na empresa.

A remuneração deve estar de acordo com as atividades exercidas, com as qualificações do profissional e com a realidade do mercado. Lembre-se disso!

Política de benefícios

Além do salário e de outros benefícios previstos na lei, a empresa também pode oferecer vantagens para contribuir com a qualidade de vida do colaborador e, consequentemente, com sua produtividade no trabalho.

Descontos em academias, restaurantes, livrarias, bolsas de estudos e muitas outras vantagens podem fazer a diferença na retenção de desenvolvedores e na forma como colaboradores, possíveis candidatos e o mercado como um todo enxergam a empresa.

Plano de carreira

Oferecer oportunidades para que o colaborador cresça dentro da empresa é uma característica que está diretamente ligada à retenção de desenvolvedores.

Estar em uma organização com chances reais de subir de cargo e ter aumento de salário garante que o profissional trabalhe com mais segurança e seja mais produtivo já que sua condição pode mudar para melhor.

O turnover não afeta apenas as empresas

Contribuir para a retenção de talentos melhora o mercado de TI como um todo, favorecendo a competitividade e a produtividade do setor. Foto: Unsplash

Muitas empresas esquecem que a rotatividade de profissionais não afeta apenas os negócios, mas também a vida dos profissionais.

Enfrentamos períodos econômicos cada vez mais instáveis, o que faz com que as pessoas busquem por mais segurança e estabilidade. E a vida profissional tem tudo a ver com isso.

Como o turnover é uma constante no mercado de TI, favorecer a retenção de desenvolvedores melhora a perspectiva das empresas, dos colaboradores e do mercado de tecnologia como um todo.

Quer fazer a diferença e contribuir para um mercado de TI mais inclusivo e igualitário? Clique aqui e conheça a Parças, uma edtech que forma profissionais de tecnologia da periferia com o intuito de solucionar o apagão de diversidade na área.