Equipe de TI remoto: saiba como administrar seu time a distância

Mesmo com o home office sendo cada vez mais comum em nossas vidas, gerir uma equipe de TI remoto não é tarefa fácil. 

Acompanhar projetos a distância requer habilidades específicas da liderança e dos liderados para que tudo saia conforme o planejado. 

Antes de aprender como administrar sua equipe de TI remoto é necessário entender que nem todos os procedimentos que dão certo presencialmente fazem sentido no teletrabalho, e cabe aos gestores entenderem esse novo comportamento do mercado profissional. 

Equipe de TI remoto: home office é tendência durante pandemia 

Por conta das restrições de distanciamento e isolamento social exigidas durante a pandemia, 46% das empresas brasileiras adotaram o home office segundo a Pesquisa Gestão de Pessoas na Crise Covid-19 realizada pela Fundação Instituto de Administração (FIA). 

Para 67% das empresas houve dificuldade em implantar esse modelo de trabalho, sendo que as ferramentas de comunicação foram um entrave para 34% delas. 

Esse dado é interessante porque diz respeito a uma das principais características para quem quer ter sucesso na gestão de uma equipe de TI remoto: a comunicação. 

Sem plataformas de comunicação ágeis, eficientes e intuitivas o trabalho remoto será muito mais difícil, tanto para os colaboradores quanto para seus supervisores. 

Mesmo em equipes de tecnologia da informação que já têm certa familiaridade com a tecnologia, é necessário estar em contato constante com a equipe até mesmo porque o comportamento dos colaboradores pode ser completamente diferente trabalhando em casa. 

Nem sempre o funcionário comunicativo e brincalhão terá o mesmo comportamento no home office e é dever do líder saber explorar as principais características de cada colaborador para contribuir com a produtividade do time. 

E depois da pandemia?

Presencial ou remoto? É interessante saber quais as preferências dos colaboradores antes de definir novas estratégias de trabalho. Foto: Unsplash

Se você ainda está relutante em levar o home office a sério fique ciente de que essa tendência de trabalho veio para ficar. 

Segundo pesquisa* realizada com 1.566 profissionais em home office, 70% afirmaram que gostariam de continuar trabalhando em casa mesmo após a pandemia. 

Além disso, 94% dos entrevistados estão comprometidos com a organização que trabalham, sendo que o home office não interferiu nessa relação. 

Confira outros dados relevantes da pesquisa: 

– Trabalhar em casa é mais produtivo do que trabalhar presencialmente para 71% dos entrevistados; 

– 76% disseram que o home office é compatível com a rotina familiar, favorecendo a relação com a família. 

Clique aqui para saber mais sobre a pesquisa. 

Inclusive, fazer uma avaliação sobre o que os colaborados estão achando desse modelo de trabalho é essencial para saber quais estratégias aplicar daqui para frente. 

E é muito simples conseguir essa resposta: basta perguntar para sua equipe de TI remoto!

* Pesquisa realizada pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA-USP) em parceria com a Fundação Instituto de Administração (FIA).

Equipe de TI remoto: dicas para uma gestão eficiente

Ter uma equipe bem organizada, metas definidas e foco na comunicação estão entre os principais pontos para ter sucesso na gestão de equipes remotas. Foto: Unsplash

Equipe bem organizada 

O trabalho remoto tem funcionalidades impossíveis de realizar presencialmente, como poder tirar um cochilo durante o dia e trabalhar com roupas mais confortáveis ou até mesmo de pijama. 

Mas trabalhar em casa não é sinônimo de falta de comprometimento, e sua equipe de TI remoto precisa saber disso. 

A organização é o principal fator para manter a equipe engajada e atenta durante o home office. Isso significa manter padrões de horários de entrada e saída, por exemplo. 

Outro recurso que pode ser utilizado para otimizar o trabalho é o envio de relatórios sobre as atividades realizadas. O documento pode ser enviado sempre ao final do dia ou semanalmente, fica a critério da empresa. 

Foco na comunicação 

Como falamos anteriormente, a comunicação é um dos pilares para gerir sua equipe de TI remoto da maneira correta. 

O colaborador precisa saber que não está sozinho e que pode contar com a liderança ou outros membros da equipe em caso de eventuais problemas. E isso só pode ser feito através de uma comunicação objetiva, disponibilizando diversos canais para que ela aconteça. 

Mas atenção: comunicação não é sinônimo de ficar no pé do colaborador o dia inteiro ou ligar e mandar mensagem em horários fora do comercial!

Trabalhar em casa não quer dizer estar disponível 24 horas por dia. Esse, inclusive, é um dos erros de gestão mais cometidos durante o trabalho remoto. 

Da mesma forma que você espera da sua equipe de TI remoto o mesmo comprometimento do modelo presencial, a equipe também espera da liderança o respeito aos direitos trabalhistas – estando em casa ou não.

Metas bem definidas 

Como avaliar resultados se a equipe de TI remoto não tem metas bem definidas? 

Nem todo mundo é eficiente no home office e trabalhar em casa tem muitas distrações que não existem na empresa, por exemplo. 

Filhos, animal de estimação, televisão, outros familiares também trabalhando em casa ao mesmo tempo. 

Como esses fatores podem atrapalhar muito a produtividade diária ter metas bem definidas será indispensável para conseguir realizar o trabalho. 

E caso você perceba que alguns colaboradores não estão conseguindo se adaptar ao home office, ofereça alternativas como a possibilidade de ir algumas vezes na semana trabalhar presencialmente ou libere alguns funcionários para trabalhar definitivamente no modo presencial. 

Saber ser flexível e entender as demandas dos colaboradores é outro ponto importante para ter uma equipe de TI remoto bem sucedida!

Gostou desse conteúdo e quer saber mais sobre o mercado de TI? Clique aqui e fique por dentro das novidades.